Com segurança reforçada e sob insultos, Fla desembarca no Rio

Com segurança reforçada e sob insultos, Fla desembarca no Rio

Não houve novas agressões, mas esteve longe de ser tranquila a chegada do Flamengo ao Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira. Sob insultos de um grupo de aproximadamente 20 torcedores, os jogadores rubro-negros desembarcaram no aeroporto do Galeão diante de forte aparato de segurança. O técnico Ney Franco e o goleiro Felipe foram os principais alvos dos xingamentos, um dia após o time ter sido goleado por 4 a 0 para o Internacional, em Porto Alegre.

O lateral-direito Leonardo Moura, por sua vez, foi requisitado e atendeu a quatro torcedores em uma sala reservada do Galeão, junto com o diretor executivo Felipe Ximenes. O teor do papo não foi revelado. Nenhum membro da delegação rubro-negra deu entrevista.

Nem todos os atletas retornaram no voo, já que estavam liberados. A segunda-feira é de folga. Paulo Vitor e André Santos não vieram. O último, por sinal, foi vítima de agressões dos torcedores na saída do Beira-Rio, após a goleada para o Internacional, no domingo. O defensor está em Florianópolis e, nesta segunda-feira, lamentou o episódio.

Todos os que retornaram ao Rio foram rapidamente para o ônibus rubro-negro, o Urubusão. Foi feito um cordão de isolamento pelos policiais militares e os dez seguranças do clube presentes. Alguns jogadores estavam muito assustados com a situação. A delegação poderia ter deixado o aeroporto pela pista, sem contato com os torcedores, mas, a pedido do clube, a saída foi feita mesmo pelo saguão do desembarque, local onde todos os passageiros circulam.

Antes da chegada do elenco, os torcedores conversaram com José Pinheiro, chefe da segurança rubro-negra, e disseram que queriam somente conversar com Leonardo Moura, capitão do time. Foram também aconselhados por policiais a não causar confusão. Abusaram, contudo, dos xingamentos. Gritos de “time sem vergonha”, “ooo, quero de volta meu Flamengo vencedor” e "tem Chapecoense nessa p. e vocês estão em último" ecoaram.

O Flamengo é o lanterna do Campeonato Brasileiro com somente sete pontos em 11 jogos. O time volta a treinar na manhã desta terça-feira, no Ninho do Urubu. O próximo jogo será o clássico contra o Botafogo, domingo, no Maracanã.

 

Globo Esporte