Com salários atrasados, trabalhadores protestam na Barão de Mamanguape; empresa é contratada pelo Estado

Com salários atrasados, trabalhadores protestam na Barão de Mamanguape; empresa é contratada pelo Estado

Pedreiros, pintores, mestres de obras, entre outros funcionários da empresa Andrade Galvão, que trabalham nas reformas das escolas do estado, estão fazendo um protesto na Rua Barão de Mamanguape, em frente a sede da empresa, na manhã desta quinta-feira (17) em João Pessoa.

Sem receber salário há 18 dias, os trabalhadores já não sabem o que fazer. Um funcionário, que não quis se identificar afirmou que já não adianta mais conversar. “Só tem conversa fiada, eles dizem que não tem dinheiro”, colocou.

Além disso, o funcionário disse que só recebeu 25% do 13º, diferente do que havia sido acordado, que seria 50%. A justificativa da empresa é que a Secretaria de Obras do Estado (Suplan) ainda não repassou a verba. A Secretaria do governo nega.

Na empresa Andrade Galvão, a informação é que a diretoria está reunida neste momento tentando arrumar uma solução.

 


Pedro Callado