Com orçamento de R$ 11 milhões, Esportes garante manutenção do Bolsa Atleta e Gol de Placa com alterações

Com orçamento de R$ 11 milhões, Esportes garante manutenção do Bolsa Atleta e Gol de Placa com alterações

O secretário de esportes, Tibério Limeira, informou que no orçamento da Secretária de Esportes do próximo ano está prevista a manutenção do programa do Bolsa Atleta com a inclusão de atletas que não praticam modalidades não olímpicas, uma reivindicação antiga da classe.

“Nós crescemos um pouco (orçamento). O estado ao longo dos 4 anos acumulou perda de receita. Os recursos são do tesouro estadual, boa parte da receita vem do fundo de participação dos estados e da arrecadação própria. A arrecadação vem crescendo, mas depende muito ainda dos repasses da união. Mas dentro desse cenário, a Secretaria de Esportes cresceu um pouco (o seu orçamento). Orçamento é estimado de cerca de R$ 11 milhões para 2015”, frisou.

Segundo o secretário, uma parte do orçamento está alocado na Secretaria de Planejamento e Obras (Suplan), onde estariam alocados mais cerca de R$ 50 milhões para obras na área de esporte.

“Manteremos o Bolsa Atleta e o programa Gol de Placa. Vamos manter a política do para-desporto. Os Jogos Escolares, a Copa Paraíba sub 15, esses programas continuam. Nós esperamos ampliar algumas ações da área de esporte”, frisou.

Em relação as alteração no Bolsa Atleta, o secretário afirmou que irá garantir que atletas que não participam de modalidades olímpicas também possam receber o bolsa atleta.

“Em relação ao Programa Atleta do Mundo está sendo organizado para que a Paraíba possa dar um plus na participação em campeonatos mundiais. O governo precisa de alguma maneira ter um recurso separado, que não vai garantir 100% do custeio das viagens dos atletas, mas vai garantir uma parte da verba para que eles se desloquem para participar dessas competições mundiais”, finalizou. 

 


Paulo Dantas