Com a crise hídrica, Itaporanguense lava roupa com água da bica no meio da rua

Com a crise hídrica, Itaporanguense lava roupa com água da bica no meio da rua

Vivendo um verdadeiro estado de emergência por água, a cidade de Itaporanga está passando por um momento crítico em sua história. Com poucas chuvas, o grande açude que abastece a cidade Cachoeira dos Alves, conhecido como açude do governo, a CAGEPA - Companhia de Água e Esgotos da Paraíba, suspendeu o fornecimento de água para toda cidade, por tempo indeterminado, pois o açude não tinha mais condições de manter a cidade.

Tal situação levou a cidadã, Maria Ricarte Lima, mais conhecida como Cida, moradora da rua 13 de Maio, centro da cidade, lavar suas roupas com a água da chuva, que descia pela bica de sua residência.  

Em entrevista a moradora disse  explicou: "Foi o jeito lavar no meio da rua, porque fui pegue de surpresa, e não deu tempo armazenar a água, e aproveitou como pôde a água da chuva, pois todas as suas roupas estavam sujas"

A sociedade de Itaporanga está se virando como pode, com carros pipas, poços, voltando literalmente ao tempo da lata na cabeça.

 

 

 

 

 

Hora do Vale