Cinco PMs são detidos por suspeita de ameaças a agricultores na Paraíba

Cinco PMs são detidos por suspeita de ameaças a agricultores na Paraíba

Na manhã desta sexta-feira (30), na zona rural de Pilar, a 55 km de João Pessoa, cinco policiais militares foram detidos e encaminhados à delegacia de Itabaiana após denúncias de agricultores da região. Os trabalhadores suspeitavam que os denunciados estivessem realizando serviço de segurança particular para um fazendeiro local. Eles se sentiram intimidados com a presença dos mesmos e interpretaram o fato como uma forma de expulsá-los de seus locais de trabalho, o que poderia retratar algum tipo de disputa de terras.

Segundo informações do Major Cristóvão Lucas, coordenador de comunicação social da Polícia Militar, foi enviada ao local a guarnição comandada pelo Major Gomes, do 8º Batalhão. A equipe deteve os policiais e os conduziu à cidade de Itabaiana, onde foi registrada a ocorrência.

Ao levantarem informações sobre todos os envolvidos, percebeu-se que nenhum se encontrava em período de serviço, estando apenas à paisana, sendo quatro profissionais da ativa e um da reserva. Eles estão lotados na capital paraibana. “Os suspeitos portavam armas com os registros adequados. Eles assinaram um termo circunstanciado de ocorrência, recurso utilizado em crimes de menor gravidade, sendo liberados em seguida”, disse o Major Lucas.

Segundo ele, ainda não é possível emitir dados conclusivos sobre o ocorrido. Será aberta uma sindicância na Polícia Militar para averiguar se eles realmente estavam prestando o serviço pelo qual foram acusados, o que estaria fora da legalidade. O caso também terá o acompanhamento da Justiça.

Os agricultores que fizeram a denúncia dizem que chegaram a sofrer ameaças grosseiras dos policiais, que não esconderam suas armas na abordagem. Estes, por sua vez, negaram as acusações, afirmando que estavam no local apenas por manterem vínculos de amizade com o fazendeiro que acompanhavam. 

Fonte: Por Gustavo Medeiros