Cientista político acredita em Crescimento de RC, queda de Cássio e decadência do PMDB

Cientista político acredita em Crescimento de RC, queda de Cássio e decadência do PMDB

O professor universitário e cientista político, Jaldes Meneses, analisou através da pesquisa Múltipla / Sistema Arapuan, divulgada nesta sexta-feira (13), os prováveis cenários políticos para a disputa ao governo do estado. Jaldes apontou três pontos que devem ser obervados através da pesquisa divulgada e das últimas disputas eleitorais na Paraíba.

O professor destacou a estagnação da crítica ao Governo e pontuou o desempenho pessoal do governador Ricardo Coutinho.

“Primeiro, há uma estagnação das críticas ao Governo... Na verdade há um descompasso da crítica da oposição, então esse é um governo bem avaliado. Segundo o professor, esse é um dado relevante que pesquisa mostra: o desempenho pessoal do governador que é mais alto do que o da presidenta Dilma e chega no patamar dos 59,1% e é um desempenho muito alto. Além disso há um campo de crescimento muito forte da candidatura do governador Ricardo Coutinho”.

Sobre a postulação do PMDB, com o pré-candidato Veneziano Vital, o cientista político disse padecer de um discurso e relatou também a decadência do PMDB a partir do início do ano 2000.

“A candidatura de Veneziano ela primeiro padece de um discurso, porque se diz a verdadeira oposição. E vai debater em cima de um governo que é bem avaliado. Outro problema da candidatura de Veneziano é porque o PMDB foi indiscutivelmente hegemônico na Paraíba durante todos os anos 1990... Em 2010 o PMDB voltou e tinha dois poderes importantes que eram o Governo do Estado e a Prefeitura de Campina Grande e mesmo assim perdeu. Agora Veneziano, como pré-candidato, não tem nada e vai ter até problemas em eleger as bancadas de deputados estadual e federal”, ressaltou.

Jaldes disse acreditar na queda da pré-candidatura de Cássio e que o mesmo será prejudicado pela falta de discurso.

“No caso de Cássio Cunha Lima, ele fez um movimento de rompimento com Ricardo e esse fato político e com o carisma que ele tem, o credenciou logo como candidato em torno de 40% das pesquisas... Esse movimento de rompimento com Ricardo causou a Cássio um problema de discurso. Isso porque no fundo ele meio que roubou o discurso de Veneziano e pegou para si o mesmo bordão que a oposição usou nesses últimos três anos e meio”, destacou.

Ouça acima o trecho da entrevista do professor Jaldes Meneses na Rádio Arapuan FM.

 

Por Fábio Augusto
Paraíba Já