Cidade de Alagoas vive terror com estupro de mais de 30 crianças

Cidade de Alagoas vive terror com estupro de mais de 30 crianças

A pacata cidade de Palmeira dos Índios, a 135 km de Maceió (AL), viveu dias de completo terror com uma onda de estupros. O delegado Antônio Rosalvo relatou que muitas crianças começaram a apresentar doenças sexualmente transmissíveis e os pais desconfiaram de possíveis abusos.

" Temos exames colhidos em 16 crianças, mas o número é mais que o dobro. Muitas famílias foram embora da cidade com medo e não conseguimos colocar no processo, mas sabemos que o número passa de 30 crianças", disse.

Os estupros teriam sido cometidos pelo mesmo homem, já identificado pela polícia. O inquérito será remetido à Justiça nesta quarta-feira (28). O delegado deve divulgar uma foto do suspeito. Ele disse que informações dão conta de que o homem está em São Paulo.

— Levamos um tempo para ligar os casos, que ocorreram durante meses. Mas agora eu preciso divulgar quem é esse suspeito e precisamos de uma força-tarefa para prendê-lo. A população chegou a realizar protestos contra a onda de violência. Por envolver crianças, o caso corre em segredo de Justiça.

180 graus