Cícero evidencia crise no PSDB

Cícero evidencia crise no PSDB
 A ausência do senador Cícero Lucena (PSDB) nos encontros que o partido promoveu ontem (13) em Conceição e em Pombal não passou despercebida. Depois de defenderem juntos candidatura própria ao governo e vencerem a queda de braço com o vice-governador Rômulo Gouveia (PSDB), o senador e o deputado federal Ruy Carneiro (presidente estadual dos tucanos), agora, estão em rota de colisão. 
Percebendo que sua postulação à reeleição está sendo rifada para aliança com o ex-senador Wilson Santiago (PTB), Cícero cobrou uma postura do partido sobre as especulações. Visivelmente chateado, ele chegou a desafiar Ruy a revelar o "recado" que teria lhe enviado dias atrás. Em tom de mágoa, Cícero usou seu perfil no twitter para dizer que não fala agora sobre essas especulações e que está esperando o anúncio oficial par parte do presidente estadual da legenda.
"Espero o anúncio do presidente do partido. Me pronunciarei depois", disse. No twitter, Cícero não cita o nome de Ruy, referindo-se de forma fria apenas ao "presidente do partido". Ao tomar conhecimento da postagem de Cícero, o deputado Ruy procurou minimizar a crise interna e preferiu não polemizar com o senador. Segundo ele, a composição da chapa será decidida pela Executiva Nacional, pelo candidato a governador (o senador Cássio) e pela direção estadual.