China quer investir no Nordeste e agenda Paraíba para atrair negócios, diz Cônsul

China quer investir no Nordeste e agenda Paraíba para atrair negócios, diz Cônsul

RECIFE - “Vivemos uma nova fase de expansão das relações com o Brasil, pois ficamos muito satisfeitos com o resultado da reunião dos BRICS por isso estamos nos estruturando para atrair investimentos Nordeste”, revelou em entrevista exclusiva o Cônsul Geral da China em Recife, Wang Xian, em reunião demorada com o presidente do Grupo WSCOM, jornalista Walter Santos, mais empresários nordestinos, como o investidor Fábio Saboya.

Na audiência, o Cônsul da China admitiu que os chineses somente tomaram conhecimento mais forte do Nordeste, em especial do Recife, a partir das imagens da cidade durante a Copa do Mundo. “Precisamos ampliar o intercâmbio porque da mesma forma que os chineses não conhecem o Nordeste, o mesmo acontece na situação inversa”.

Wang Xin disse que reuniu dezenas de famílias chinesas em João Pessoa, recentemente, entretanto, considera fundamental a difusão dos valores e de informações tanto da China no Nordeste, como dos nove estados nordestinos em nosso país porque somos povos importantes”.

NEGOCIOS E CULTURA – O Cônsul revelou que a China tem máximo interesse em projetos como da Revista NORDESTE  em ampliar o intercâmbio de negócios e da cultura entre as duas partes.

- Somos muito gratos e estamos interessados em ampliar propostas como da Revista NORDESTE, bem feita, ampla e de repercussão porque sem este esforço de ampliar o conhecimento não chegaremos ao objetivo – declarou o Cônsul admitindo que a China estuda meios de ampliar os negócios nos nove estados nordestinos. “A Revista NORDESTE é muito importante e chega numa hora certa”, afirmou.

Segundo informou, "estamos bem impressionados com os projetos apresentados pela Revista neste processo de intercâmbio, por isso vamos avnaçar  muito mais"

Ele confirmou que, nos próximos dias e meses deverá haver programação cultural entre os dois países com reforço da revista em todas as 9 capitais nordestinas. “Estamos felizes com companhias como a dos senhores”, disse se referindo à publicação editada em João Pessoa.


WSCOM Online