Charliton mira em Manoel Júnior e admite rever alianças em JP

Charliton mira em Manoel Júnior e admite rever alianças em JP

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Charliton Machado,  rebateu, nesta sexta-feira (29), críticas do deputado Manoel Júnior (PMDB) a gestão de Luciano Cartaxo, em João Pessoa.

De acordo com Marchado, o parlamentar precisa  “conhecer novamente a cidade” para poder fazer comentários sobre o governo municipal.

“Manoel precisa reconhecer a cidade de hoje da cidade que ele deixou. Ele precisa conhecer a cidade, seus agentes políticos para poder fazer p debate. É legitimo ele quer ser candidato, mas não tem autoridade hoje política para desqualificar a gestão de Luciano Cartaxo”, declarou Marchado.

Para o presidente do PT, a postura de Júnior  é “ isolada e “raivosa”.

“Mas personalista que partidário.  Tem postura isolada do PMDB e atente exclusivo ao presidente da Câmara Eduardo Cunha”, afirmou.

Ainda durante a entrevista, Charliton Marchado admitiu rever aliança na Capital paraibana, apesar dele defender composição do PT com o PSB  para o pleito do próximo ano.

“As parcerias são conjunturais. Não existem parcerias políticas tão sólidas que não possam ser refeitas,  modificadas ou  revista. Temos que construir as parcerias dentro da conjuntura local e do âmbito de 2016. Não vejo que uma aliança possa agregar força política em torno dela se não for bem  avaliada. Como  acredito que a aliança será em torno da avaliação do governo Luciano cartaxo,  provavelmente, teremos esses partidos nesse projeto. Por isso acredito e defendo que a aliança PT/PSB seja mantida”, argumentou.

 

 

 

Roberto Targino – MaisPB