Charlinton se afasta em março da presidência do PT para cuidar da campanha a Prefeitura da Capital

Charlinton se afasta em março da presidência do PT para cuidar da campanha a Prefeitura da Capital

Aclamado na noite passada pré-candidato a Prefeitura de João Pessoa, Charlinton Machado anunciou nesta quarta-feira (27) seu afastamento da presidência estadual do PT. A decisão decorre da dedicação que pretende imprimir a esse período da pré-campanha eleitoral deste ano. Ele também está trabalhando a política de alianças e prevê a participação do PCdoB como aliado da campanha petista.

Machado informou, ainda, que já manteve uma conversa com o PCdoB. “Aconteceu durante encontro com o presidente do partido Agamenon e marcamos um novo diálogo para os próximos dias”. Comentou contatos com outras legendas, “respeitando as condições de oposição que eles estabelecem...”.

“... É o caso do PSOL, que tem uma oposição muito responsável ao governo da presidente Dilma, é uma oposição que não é golpista, que pensa nos interesses da sociedade. Nós vamos fazer um levantamento para mapear esses partidos”, enfatizou Machado.

Disse, também, que “não receio sobre uma possível entre a pré-candidato oficial do prefeito Luciano Cartaxo e do nome apoiado pelo PSB do governador Ricardo Coutinho:

- Não tenho receio que isso aconteça. Tenho absoluta certeza do respeito que o governador, que é do PSB, tem pela democracia e pela disputa partidária. E já estamos decididos, vamos ter candidatura própria e o único jeito é construir uma agenda de debate.

E complementou: “Temos que lembrar que essa é uma eleição de dois turnos e vamos fazer um debate para congregar partidos em torno de nossa proposta no primeiro turnos ou no segundo turno”

Charlinton Machado anunciou seu afastamento da presidência estadual do Partido dos Trabalhadores em março. Deixa em seu lugar a vice-presidente Giucélia Figueiredo.

 

 


Marcone Ferreira