Charlinton nega que Cartaxo garantiu a ministro voto de RC em Dilma; ‘É uma engenharia de boatos’

Charlinton nega que Cartaxo garantiu a ministro voto de RC em Dilma; ‘É uma engenharia de boatos’

O presidente estadual do PT, Charlinton Machado, negou boato que tem sido difundido onde o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, teria garantido ao ministro da Casa Civil, Gilberto Carvalho, que o governador Ricardo Coutinho (PSB) votaria em Dilma Rousseff (PT) para presidente, após a morte de Eduardo Campos. “Não existe isso. Não sei de onde tiraram essa historia. A campanha está se tornando uma engenharia de boatos muito fortes”, reclamou.

Machado revelou que a visita dos ministros foi muito produtiva, mas não houve discussão sobre a aliança do PT com o PSB. “Nós tivemos um dia muito proveitoso com o ministro. Ele foi extremamente respeitoso em relação a aliança que temos aqui na Paraíba. Não criou, em nenhum momento, qualquer forçação de barra”, explicou.

Segundo o presidente, o ministro veio com agenda oficial na Caixa Econômica Federal, mas não se furtou a participar de agendas específicas de campanha do comitê da presidente Dilma,de Rodrigo Soares e do ex-ministro Aguinaldo Ribeiro (PP). “ O que prova que a campanha de Dilma transcende qualquer atividade específica da campanha do PT. Mesmo assim, o ministro deu uma participação muito forte e conselhos aos militantes dos movimentos sociais afirmando que devemos colar fortemente a campanha de Dilma a de Lucélio Cartaxo”, revelou.

Charliton garantiu que não houve nada além disso. “Foi uma participação tranqüila, muito saudável do ponto de vista de Gilberto Carvalho com os movimentos sócias. Agora surge esse fato que eu não sei de onde saiu. Nós respeitamos a posição do governador desde o primeiro momento. Estamos fazendo campanha para eleger Ricardo e Lucélio e não há algo a mais do que isto do ponto de vista das relações estabelecidas PT e PSB”, finalizou.

 


Paulo Dantas/Fernando Braz