Charlinton afirma que Frei Anastácio ‘terá de seguir a determinação do partido’ e diz que ‘não tem mais nada para polemizar'

Charlinton afirma que Frei Anastácio ‘terá de seguir a determinação do partido’ e diz que ‘não tem mais nada para polemizar'

O presidente do PT paraibano, Charlinton Machado tentou colocar panos quentes na crise gerada dentro do partido por conta de declarações dadas pelo deputado estadual Frei Anastácio sobre sua insatisfação pela aliança firmada entre seu partido e PSB.

Charlinton afirmou que não estava em par das declarações do deputado estadual, mas que sabe que Anastácio tem uma tradição de acatar as decisões partidárias.

“Ele votou em favor da aliança. Votou pela composição do governo, inclusive na última reunião de diretório. Todos esperamos que ele se adeque às instâncias partidárias como sempre fez”, declarou o presidente do partido.

Anastácio, que também já deixou claro que tem divergências com relação ao voto na mesa diretora encabeçada por Adriano Galdino. “Tem diferenças mas já deixou claro que vai apoiar o governo, que tem disposição para isso, que vai seguir a determinação da bancada”, declarou.

Charlinton espera que o deputado siga a agenda partidária e não quer antecipar a possibilidade de aplicação de sanções contra o deputado.

“Não vou antecipar sanção a ninguém. A bancada precisa ter representação do partido. Ninguém se elegeu sozinho. Se elegeu porque o PT construiu esta eleição. Ele terá que seguir o que é a determinação do partido. Não tem mais o que polemizar. Essa é a decisão do PT”, concluiu.

 
 
 
 


João Thiago com Anderson Soares