Cássio nega que PSDB esteja impedindo Dilma de governar Brasil: ‘a culpa da crise é toda deles’

Cássio nega que PSDB esteja impedindo Dilma de governar Brasil: ‘a culpa da crise é toda deles’

No programa Rádio Verdade, da Rádio Arapuan, o líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima, eximiu o seu partido de qualquer problema de governabilidade na gestão da presidente Dilma Rousseff (PT). Para provar isso, ele afirmou que os tucanos não tem cadeirs suficientes para aprovar as matérias do governo federal.

“Não foi o PSDB que deu as pedaladas fiscais, nem começou a corrupção na Petrobras e também não trouxe de volta à inflação. Estamos vendo as consequências das decisões do governo, a culpa é toda deles”, avaliou.

Sobre a solicitação de auditoria das eleições de 2014 feita pelo PSDB ao Tribunal Superior Eleitora, o senador contou que o pedido foi apenas para provar que o sistema eleitoral brasileiro não é auditável.

“Não duvidamos do resultado, tanto é que a primeira ligação que Dilma recebeu foi de Aécio Neves mostrando estar disponível para discutir o Brasil contanto que houvesse desculpas”, revelou.

Cássio ainda acusou o PT de manter um Estado perdulário, ineficiente e corrupto apenas para se manter no poder, apesar de cobrar uma grande quantidade de impostos. Segundo o tucano, essa “máquina falida” acaba gerando insegurança para o povo e é essa a sua luta como líder do partido no Senado.

“As pessoas estão sofrendo com a falta de segurança, com medo de um mosquito.  O Brasil não precisa de uma mudança pequena, pontual, mas quase generalizada, queremos construir um novo Brasil”, garantiu.

 

 


Yves Feitosa