Cássio nega distanciamento de Romero, mas taxa possível saída do partido de ‘equívoco político’

Cássio nega distanciamento de Romero, mas taxa possível saída do partido de ‘equívoco político’

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) negou que exista distanciamento entre ele e o prefeito Romero Rodrigues (PSDB), destacou que a decisão de permanecer no partido é de Romero, mas taxa argumentos para saída de frágeis e de equívoco.


“Não há distanciamento, ao contrário”, afirmou o senador destacando que vai se encontrar com o prefeito Romero neste final de semana em Campina Grande.


Quanto a decisão de permanecer ou não no PSDB, o senador afirmou que cabe ao prefeito. Cássio lembrou que já externou seu ponto de vista e acredita que Romero não deveria sair. “Seria um equívoco político. Os argumentos que ele apresenta são muito frágeis”, diz.


O tucano ainda lembra que o prefeito é o principal líder da cidade e que não é tutelado por ninguém: “nossa relação está normal”.
 

 

 

Marília Domingues