Cássio diz que em seu governo nunca houve perseguição e quer retomar Planos de Cargos Carreira e Remuneração

Cássio diz que em seu governo nunca houve perseguição e quer retomar Planos de Cargos Carreira e Remuneração

O candidato ao governo do Estado, Cássio Cunha Lima (PSDB) afirmou que em seu governo não houve perseguição e disse que, se eleito, a postura será de restabelecer o diálogo com o servidor e retomar os Planos de Cargo Carreira e Remuneração (PCCR).

“Não haverá perseguição, porque nunca houve, quem é servidor público do Estado sabe que da minha postura. A minha proposta é restabelecer o diálogo em primeiro lugar retomar os planos de cargos, carreira e remuneração, inclusive com várias categorias implantando subsídios,” afirmou.

De acordo com ele aposentadoria no Estado é um ‘castigo’. “No caso da polícia quem vai para a reserva perde praticamente 40% que ganha. Aquele que ganha R$ 1.000,00, assim que se aposenta no dia seguinte ganha R$ 600,00 e em alguns casos essa perca pe ainda maior, aquele que recebe R$1.000 o salário ao se aposentar cain para R$ 400,00.  

Segundo ele, a proposta de governo para o servidor será estabelecer o diálogo, valorizar o servidor co os planos de cargos e carreira e remuneração (PCCR) e realizar concurso público. “A minha proposta para o servidor é restabelecer o diálogo , valorizar sem perseguição, sem perseguição, sem apadinhamentos, favorecimentos para que passamos valorizar o mérito.
 


Wagner Mariano