Cássio confirma que não pretende disputar o governo em 2014

Cássio confirma que não pretende disputar o governo em 2014

Cássio garante que candidatura ao governo em 2014 não é necessária para palanque de Aécio na PB
O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) jogou um verdadeiro balde de água fria nos seus seguidores que aguardavam sua postulação em 2014, e consequentemente, o seu rompimento com o governador Ricardo Coutinho (PSB). Em entrevista ontem (16) à noite a uma emissora de Campina Grande Cássio ele deixou claro que não pretende disputar um novo mandato de governador no próximo ano, devendo se concentrar em coordenar a candidatura de Aécio Neves a Presidente da República. A afirmação de Cássio cunfundiu a cabeça de alguns tucanos, visto que horas antes ele tinha feito duras críticas a segurança em Campina Grande, chegando a insinuar que estava tendo dificuldade para falar com RC, que não estaria mais atendendo suas ligações telefônicas.

Deixando claro que não pretende disputar as eleições em 2014, o tucano afirmou que não é necessário sua postulação ao Palácio da Redenção para que o presidenciável Aécio Neves (PSDB) tenha palanque na Paraíba. Ele garantiu que vai lutar para fortalecer a candidatura de Aécio no Estado. Cássio de forma inusitada também rasgou elogios para com a atuação do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) do qual tem seu irmão Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) como pré-candidato a governador no ano que vem.

Quando indagado sobre a estratégia de seus adversários e alguns aliados para que rompa com o governador Ricardo Coutinho (PSB), ele revelou que isso não o estimula. “Isso não me estimula, tanto é que nesses três anos de mandato de Ricardo não há um gesto meu que possa ser interpretado como qualquer obstáculo para que o governo não desse certo”, afirmou.

Questionado se numa eventual manutenção da aliança PSB/PSDB isso não prejudicaria a candidatura do senador mineiro Aécio Neves a presidência, do qual já é um dos coordenadores de sua campanha, Cássio disse que não.

Ele revelou que isso é um mito, citou o caso da eleição passada quando conseguiu uma votação considerada boa ao candidato tucano José Serra à presidência na Paraíba, mesmo sem ser candidato. “Nesse caso Ricardo votava em Dilma e ou em José Serra e eu consegui uma boa votação para Serra, talvez o melhor desempenho do Nordeste. Então nós vamos fazer a campanha de Aécio, por entender que ele está preparado”, disse Cássio. Para Cássio o senador Vital do Rêgo faz um belo mandato. “Não tenho dificuldade alguma de reconhecer o belo trabalho que ele faz como senador e presidente da mais importante comissão do Senado”, afirmou Cássio.

Na Paraíba uma ala tucana liderada pelo senador Cícero Lucena e pelo deputado Ruy Carneiro defende a candidatura de Cássio em 2014. Já outra corrente, prefere a manutenção da aliança entre PSDB e PSB e o apoio à reeleição de Ricardo Coutinho.



Fonte: PBAgora