Cássio chora muito ao ser informado da morte de Eduardo Campos e cancela agenda com Aécio Neves na Paraíba

Cássio chora muito ao ser informado da morte de Eduardo Campos e cancela agenda com Aécio Neves na Paraíba

Abalado, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) deixou o seu comitê político em São Paulo (SP) aos prantos ao ser informado da morte do ex-governador de Pernambuco e candidato à presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, em um acidente de avião em Santos (SP), na manhã desta quarta-feira (13).

Cássio tinha uma relação muito próxima com o ex-governador pernambucano. Segundo a sua assessoria, Cássio atendia lideranças políticas, mas cancelou todas as audiências. 

Agenda Cancelada na Paraíba

A Assessoria de imprensa da Coligação "A Vontade do Povo", encabeçada por Cássio, informou também que. diante do trágico acidente, a agenda do presidenciável Aécio Neves (PSDB) na Paraíba está suspensa.

Em contato com Aécio Neves, Cássio decidiu suspender os comícios programados para os municípios de Santa Luzia, Patos e Pombal, diante da consternação pela morte oficialmente confirmada do ex-governador de Pernambuco.

"Mais do que um homem público exemplar e um dos mais notáveis líderes de sua geração, Eduardo Campos era amigo pessoal de Cássio Cunha Lima há muitos anos e sempre nutriu pelo senador e candidato a governador da Paraíba um carinho especial, extensivo à toda Paraíba", diz a nota da assessoria.

Nas próximas horas, serão divulgadas novas informações sobre a agenda do senador Cássio e da coligação, diante das lamentáveis circunstâncias.

Cristiano Teixeira - MaisPB