Cássio admite possibilidade do PSDB abri mão da vice de Romero e Renato Gadelha já tem nome para chapa

Cássio admite possibilidade do PSDB abri mão da vice de Romero e Renato Gadelha já tem nome para chapa

O senador Cássio Cunha Lima admitiu a possibilidade do PSDB abrir mão da vaga de vice-prefeito na chapa de Romero Rodrigues. O que poderia motivar a isso seria uma aliança com o PP, que traga a deputada Daniella Ribeiro para ocupar essa vaga.

"Essa é uma hipótese que tem de ser estudada. É óbvio que interessa ao PSDB e ao prefeito Romero uma aliança com o PP, com a própria Daniella. Esse é um elemento que faz com que essa discussão seja feita", disse.

Cássio explicou que o próprio vice-prefeito Ronaldo Filho já havia externado que se surgir um nome melhor e que possa somar mais, a mudança na chapa poderia acontecer.

Já para os aliados que pensam em ocupar essa vaga o senador mandou um recado, afirmando que a vice só será discutida com forças que possam aglutinar ao projeto de Romero.

"O que for apenas uma disputa para ocupar mais espaço político não terá sentido de ser analisado e a chapa Romero e Ronaldo deve ser mantida e preservada", declarou.

Já o líder da oposição na Assembleia Legislativa, Renato Gadelha (PSC), comentou sobre a possibilidade de Dalton Gadelha compor a chapa do prefeito de Campina Grande nas eleições de 2016, como candidato a vice-prefeito.

Ele falou que o vice-prefeito, Ronaldo Cunha Lima Filho, tem todo o direito de disputar o pleito do próximo ano, mas enxerga a possibilidade de Dalton Gadelha pleitear como vice-prefeito se Ronaldo não disputar as eleições.

"Doutor Dalton, com a experiência administrativa que tem, logicamente, seria um nome que a gente indicaria de primeiro a esse cargo", concluiu.

 

 

 

As informações foram veiculadas na Rádio Caturité AM.