Caso Ivanildo Viana: Delegado fala em estratégia de investigação e garante empenho da polícia

Caso Ivanildo Viana: Delegado fala em estratégia de investigação e garante empenho da polícia
O delegado de Polícia Civil Aldrovilli Grisi, designado em caráter especial pelo secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, para apurar o assassinato do radialista Ivanildo Viana,  informou que está em curso toda uma estratégia de investigação  para elucidar o caso.  Ivanildo Viana foi  morto na tiros final da manhã do último dia 27, na BR-101, no município de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa.
 

Sem querer entrar em detalhes sobre o curso das investigações, alegando que isso poderá atrapalhar o trabalho da polícia, o delegado disse apenas que estão sendo usados todas as ferramentas e modos de investigações disponíveis pela Polícia Civil. “Não é porque se trata de uma pessoa conhecida que a polícia está empenhada nesse caso, mas isso é uma rotina que acontece em todos os crimes de homicídio, independente de quem seja a vítima”, garantiu.

 

Aldrovilli Grisi explicou também que como existe nenhum indiciado no caso, a polícia tem todo tempo possível para investigar e só depois remeter o inquérito à Justiça. “Estamos trabalhando diuturnamente e esperamos dar uma resposta a sociedade o mais rápido possível”, disse o delegado.

 

“ Ele destacou que é importante que qualquer cidadão que puder ajudar as forças de segurança da Paraíba a elucidar esse crime pode e deve repassar as informações pelo número 197 - Disque Denúncia. O sigilo é absoluto e garantido. “ A população pode contribuir para a prisão de criminosos, não só desse caso, mas de outros crimes também e o serviço do Disque Denúncia é necessário nessa cooperação entre sociedade e Polícias”, finalizou Aldrovilli Grisi.

 


Paulo Cosme