Cartaxo diz que Cunha não tem legitimidade para pedir impeachment: ‘não pode virar questão pessoal’

Cartaxo diz que Cunha não tem legitimidade para pedir impeachment: ‘não pode virar questão pessoal’

Nesta quinta-feira (03), o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) comentou a abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) e aprovado pelo presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB). Segundo ele, o impedimento acabou se transformando em uma questão pessoal.

“A leitura que faço é que isso não pode ser uma retaliação pessoal”, avaliou.

Para Cartaxo, que é ex-petista, Cunha não tem legitimidade para pedir a saída de Dilma porque o próprio pmdbista precisa dar esclarecimentos ao Conselho de Ética da Câmara Federal e corre o risco de perder seu cargo como deputado federal.

 

 


Yves Feitosa/Fernando Braz