Cartaxo comenta tese de união entre PSD, PMDB e PSDB

 Cartaxo comenta tese de união entre PSD, PMDB e PSDB
A tese de união das oposições já no primeiro turno das eleições em João Pessoa tem ganhado força. A proposta é reunir todos os partidos que fazem oposição ao PSB, do governador Ricardo Coutinho, incluindo PTB e PMDB, que já anunciaram os nomes de Wilson Filho e Manoel Júnior, respectivamente, para a disputa. Nesta segunda-feira (23), o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo considerou a articulação “legítima”.
 
 “É um direito legítimo de todos os partidos. Cada um tem o direito e dialogar, buscar parcerias, estabelecer metas para alcançar alianças. Isso faz parte do processo. No início do próximo semestre muita coisa vai se definir”, afirmou.
 
Cartaxo, no entanto, ressaltou que está priorizando a gestão e que as articulações políticas estão sendo conduzidas pelo diretório municipal do PSD. Ele acrescentou que pratica uma política de união. “Eu nunca fechei portas, nunca tive uma postura de isolamento. Minha política sempre foi de união, de construção de parcerias para ajudar a governar a cidade de João Pessoa”, disse.
 
A proposta de união dos opositores ao governador foi lançada pelo presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, após encontro com o presidente municipal do PSD, Lucélio Cartaxo, no sábado (21).
 
Confira:
 
 
 
 
 
 
 
MaisPB