Carreata em Monteiro termina em confusão e vereador acusado de tentar atropelar jovem é agredido

Carreata em Monteiro termina em confusão e vereador acusado de tentar atropelar jovem é agredido

Uma carreata realizada na noite da sexta-feira (26), no município de Monteiro, no Cariri paraibano, terminou em confusão e agressões. Militantes de duas coligações concorrentes se enfrentaram nas ruas da cidade e a Polícia Militar precisou ser acionada para conter a confusão.

Testemunhas informaram que militantes da Coligação ‘O Trabalho Não Pode Parar’, que tem Lorena de Dr. Chico como candidata a prefeita, teriam invadido uma área reservada para a Coligação ‘Juntos Somos Mais Fortes’, que tem Conrado como candidato a prefeito.

A coligação de Conrado afirma que já tinha protocolado na Justiça Eleitoral para utilização da avenida principal para a realização de uma carreata. Os militantes das duas coligações se enfrentaram, e o tumulto tomou de conta do centro da cidade. De acordo com a coligação ‘Juntos Somos Mais Fortes’, um candidato a vereador do PSD, tentou atropelar as pessoas que interrompiam a passagem na avenida e por pouco não foi lixado.

Integrantes da outra coligação, no entanto, afirmam que retornavam para casa, após um comício, quando foram agredidos por militantes que participavam da carreata. O vereador Lito foi agredido com socos e teve a roupa rasgada após seu carro ter sido cercado por várias pessoas. Alguns dos agressores foram identificados e denunciados à Polícia Civil.

 

 

 

MaisPB