Candidatos do Enem passam pelo segundo dia de provas neste domingo

Candidatos do Enem passam pelo segundo dia de provas neste domingo

Neste domingo (9) acontece o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que contou com 8,7 milhões de inscritos. A prova será inicia a partir das 13 horas, horário de Brasília e os portões serão abertos às 12 horas.

A prova do segundo dia abordará Linguagens e Códigos (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação) Matemática e Redação. Dessa vez, a duração é de cinco horas, os candidatos ganham uma hora a mais no segundo dia, devido à redação. Assim como no sábado, primeiro dia do Enem, os portões serão fechados às 13h, impreterivelmente, e a prova será finalizada às 18h30. 

É proibido deixar a prova antes de transcorrer duas horas. Todas as quatro provas são objetivas, contendo 45 questões de múltipla escolha. É obrigatória a apresentação de um documento de identidade oficial com foto. Entre as opções estão RG, carteira de trabalho (emitida após 1997), certificado de reservista, passaporte e CNH com foto. Não são aceitos documentos como certidão de nascimento, de casamento, carteira de estudante, e crachás funcionais. 

O participante que não tem nenhum documento de identidade com foto por motivo de roubo ou furto pode apresentar um boletim de ocorrência e submeter-se ao preenchimento de um formulário especial. O cartão de confirmação não é obrigatório, mas é necessário levá-lo para saber em qual prédio ou sala se fará a prova. 

O resultado das provas vai ser revelado em janeiro de 2015, quando, através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), os candidatos poderão aplicar suas notas em diferentes universidades, tentando uma vaga. 

Detectores para evitar fraude

Além de chegar antes das 13h, apresentar seu documento com foto e levar o cartão de confirmação para saber sua sala, o candidato deverá usar uma caneta esferográfica preta transparente para fazer a prova.

Nos dias de realização do exame, o participante poderá ser submetido à revista eletrônica nos locais de provas, a qualquer momento, por meio do uso de detector de metais. Mais de 17,3 mil detectores serão usados nos locais de prova. De acordo com o ministro da Educação, Henrique Paim, todos os locais de aplicação terão pelo menos um aparelho. O objetivo é evitar fraudes. Os candidatos não poderão portar equipamentos eletrônicos durante a prova. Aqueles que o fizerem serão eliminados. No ano passado, 47 candidatos foram eliminados por publicarem fotos e textos nas redes sociais e por portarem eletrônicos. Selfies são proibidas. O Ministério da Educação recomenda que os alunos deixem os celulares em casa, mas serão disponibilizadas sacolas para guardar itens proibidos. 

É proibido o uso de lápis, lapiseiras, canetas que não sejam pretas e transparentes, telefones celulares, qualquer equipamento eletrônico, óculos escuros, boné ou chapéu. É proibido também a entrada nas unidades com armas, mesmo que se tenha porte. O participante só pode levar a prova se sair faltando até 30 minutos. 

Enem para quê? 

Os resultados do Enem 2014 poderão ser utilizados para ingressar numa universidade, conseguir bolsas do Prouni, ajuda de Financiamento Estudantil (Fies), conseguir bolsas do Ciências Sem Fronteiras e diploma de ensino médio. 

Para conseguir uma bolsa do Prouni, o candidato precisa conseguir um mínimo de 400 pontos no Enem, entre outros requisitos. As bolsas oferecidas variam de 50% até 100%, em diversas universidades conveniadas. 

Estudantes que queiram solicitar ajuda no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) devem fazer o Enem. Não há nota mínima obrigatória. Pelo Fies é possível conseguir empréstimos para financiar seu curso, com taxa de juros de 3,4% ao ano para todos os cursos. 

Para interessados no Ciências Sem Fronteiras, o Enem passou a ser obrigatório a partir de 2013. É preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2009 e conseguido a média mínima de 600 pontos.  Os candidatos também são avaliados de acordo com seu aproveitamento acadêmico na universidade.

Candidatos com mais de 18 anos que não tem certificado de ensino médio podem conseguir através do Enem. A pontuação mínima é 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na redação. É preciso, porém, ter feito essa solicitação na hora da inscrição. 


 

Jornal do Brasil