Candidato a vereador é preso com mais de 70 kg de droga em Parnaíba

Candidato a vereador é preso com mais de 70 kg de droga em Parnaíba

O Serviço Reservado do 2º Batalhão de Polícia Militar do Piauí, sob orientação do tenente coronel Adriano Lucena, prendeu um candidato a vereador identificado como Dênis Jonathan dos Santos de Araújo, 32 anos, com cerca de 76 kg de droga.

A prisão ocorreu no início da noite desta segunda-feira (02). O candidato a vereador, que trabalhava como taxista, foi preso com 67,360 quilos de maconha e 9,570 quilos de crack, além de três balanças comerciais e uma pequena quantidade de dinheiro.

Dênis Jonatha dos Santos Araújo é pré-candidato a vereador no município de Buriti dos Lopes. Sua prisão aconteceu por volta das 17h, quando os policiais receberam uma denúncia sobre o furto de um celular, e passaram a fazer buscas depois de identificar com que estava o aparelho.

As buscas levaram os policiais até Dênis Araújo, que estava na frente de uma loja, no centro de Parnaíba, em um veículo VW/Voyage 1.0, modelo 2009, de cor preta, placas NIO 1800 Buriti dos Lopes (PI). Os policiais resolveram fazer uma revista no veículo e dentro de uma mochila encontraram em torno de 10 quilos de maconha. 

O acusado chegou a negar que fosse o dono da carga, mas depois acabou confessando. Na residência do acusado, no Conjunto Elias Ximenes do Prado, Bairro Rodoviária, Os policiais encontraram o restante da droga e apreenderam uma moto Honda/POP100, modelo 2008, de cor preta, placa NIB 1317 Parnaíba (PI).

O Sargento Fabriciano, da PM de Parnaíba, disse que a quantidade de drogas apreendida poderia ter sido maior, por que foi encontrado com o acusado uma lista de credores e devedores que somando todos os valores davam mais de 300 kg de drogas.

Em nota, o presidente do PCdoB, Osmar Junior, afirmou que o partido apoia as ações da polícia e que será instaurado processo na Comissão de Controle (órgão do Partido competente para promover a verificação regular do cumprimento da legalidade estatutária e dos preceitos éticos nas atividades partidárias, instaurar e instruir processos disciplinares e de recursos das várias instâncias) para examinar o caso envolvendo o filiado Denis Jonathan do Santos Araujo. “Comprovadas as acusações que pesam sobre ele, será expulso dos quadros partidário”, diz a nota.

Osmar Junior também afirma que foi determinada a suspensão da homologação da candidatura do vereador, até a conclusão do processo na Comissão de Controle. “Por fim, o PCdoB se associa a todos que lutam contra o tráfico nacional e internacional de drogas, fonte de corrupção e violência, que atinge principalmente a juventude”, conclui.

 

 

 

Edição: Andrê Nascimento
Por: Calixto Dias 
O Povo