Candidato a presidência pelo PSC diz que vai acabar com voto obrigatório e as coligações proporcionais

Candidato a presidência pelo PSC diz que vai acabar com voto obrigatório e as coligações proporcionais

O candidato a Presidência da República pelo PSC, pastor Everaldo Pereira disse que vai acabar com o voto obrigatório e com as coligações proporcionais. A informação foi dada na tarde desta quarta-feira (6) durante o programa “ A Hora da Notícia” apresentado pelo radialista Antônio Malvino, no Sistema Arapuan de Comunicação. “ O Brasil precisa urgentemente de uma reforma política”, destacou o candidato.

Outra ação defendida pelo pastor Everaldo Pereira é que se for eleito Presidente da República, a partir de primeiro de janeiro do próximo ano, todos os médicos cubanos que quiseram trabalhar no Brasil terão asilo político e um salário digno ‘ e não precisarão mais trabalhar para um governo ditador’, completou.

Everaldo Pereira disse que a sua campanha está crescendo a cada dia porque as pessoas estão conhecendo as suas propostas e vendo que são as melhores para o Brasil.

Ele disse também que espera contar com o apoio de todos os evangélicos do Brasil. Ainda segundo o pastor Everaldo Pereira, ele tem se reunido com a classe empresarial de que também tem recebido o apoio.


 


Paulo Cosme