Campina Grande registra nascimento de bebê com microcefalia e alerta para segundo ciclo

Campina Grande registra nascimento de bebê com microcefalia e alerta para segundo ciclo

O município de Campina Grande notificou o nascimento de um bebê com microcefalia, na semana passada, que aponta para um segundo ciclo de nascimentos de crianças com microcefalia. O líquido amniótico da mãe da criança tinha sido colhido em julho, sendo confirmada a presença do vírus da zika e da chikungunya. E há outros três casos de microcefalia sob suspeita atendidos em Campina Grande.

A médica Adriana Melo disse que o novo ciclo de bebês com a má formação já era esperado, e relatou problemas no acompanhamento de crianças no estado.  “A gente está começando a receber crianças do interior da Paraíba, às vezes até sem conseguir se alimentar, porque provavelmente não tenha feiro um estímulo adequado desde cedo”, disse Adriana, em entrevista ao Bom Dia Brasil.

O ambulatório especializado em microcefalia atende 117 crianças, sendo 15 de Campina Grande e as outras de cidades da região. Mas a Secretaria de Saúde de Campina afirma que não tem estrutura de atendimento para novos casos, já que apenas 16% da demanda é de Campina Grande e o restante é de outros municípios. Campina Grande tem atendido a sua própria população e mais 43 municípios. 

 

 

Click PB