Campanha eleitoral, em Nova Olinda arregimentará apoiadores de grande agrupamento político

Campanha eleitoral, em Nova Olinda arregimentará apoiadores de grande agrupamento político
Uma das menores cidades da Paraíba, situada no Vale do Piancó, no Sertão, abre perspectivas de arregimentar enorme agrupamento político em apoio a uma das chapas que concorrerão à sucessão da prefeita Maria do Carmo Silva, do PSDB.
 
Trata-se de Nova Olinda, onde a disputa pelo poder público-político, atualmente, situa-se entre Ducarmo – como é mais conhecida a prefeita – e o vice dela, Idácio Souto, do PMDB, ambos politicamente rompidos.
 
E, na indicação do acadêmico de Direito Diogo Richelle, como pré-candidato à sua sucessão, Ducardo já surpreende a população e a classe política local, ao anunciar reatamento político com adversária histórica, a ex-prefeita Maria Galdino Irmã(Dguia) (PSC), filha do ex-prefeito João Raimundo Neto, o maior líder carismático do município, de todos os tempos.
 
 
Já está definido, também, o companheiro de chapa de Richelle, no embate, que será o comerciante e ex-vereador João David, do PP.
 
Por toda essa teia de partidos que se arregimentará em prol da postulação desses políticos, na campanha eleitoral de Nova Olinda, é que eles irão contar, em palanque e no meio-da-rua, com efetivo apoio de lideranças da expressividade do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), dos deputados federais Wilson Filho (correligionário do presidente da Câmara Municipal, Walter Gonzaga, que é aliado de Ducarmo), Benjamim Maranhão (PMDB) e Agnaldo Ribeiro (PP), além do ex-deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) e do deputado estadual Dinaldo Wanderley Filho (PSDB). O concorrente de Richelle, no pleito, será, exatamente, Idácio Souto.
 
 
 
 
 
Por Josinato Gomes