Caminhão com entulhos bate em muro, que desaba e mata uma mulher na Paraíba

Caminhão com entulhos bate em muro, que desaba e mata uma mulher na Paraíba

Um caminhão que retirava entulhos de uma escola pública da cidade de Catolé do Rocha, a 411 km de João Pessoa, colidiu em uma parede e os destroços caíram sobre uma senhora de 46 anos que estava na calçada do local, na manhã desta segunda-feira (3). Ela teve ferimentos graves, foi socorrida, mas não resistiu e morreu.

De acordo com testemunhas, a vítima conversava com outra pessoa na calçada em frente ao Colégio Estadual Obdúlia Dantas, no Centro de Catolé, quando o veículo saiu da escola, carregado com entulhos, e bateu no muro. A parede desabou sobre a senhora, que foi soterrada pelos escombros.

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram acionados, fizeram o resgate e o socorro da vítima e a levaram para o Hospital Regional Doutor Américo Maia de Vasconcelos, mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

O colégio passa por demolição, supervisionada pela Suplan - Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado, e executada pela Projeta Premoldados Engenharia LTDA. O caminhão que bateu no muro pertence à empresa GL Construções e foi locado pela Projeta.

De acordo com a Projeta, todas as providências estão sendo tomadas para garantir assistência à família da vítima, bem como as responsabilidades do acidente. Testemunhas denunciaram que o local não continha nenhuma sinalização ou interdições indicando que o espaço passa por obras, mas a Projeta não se pronunciou sobre essa situação e reforçou que o caminhão locado pertence a outra empresa.

 

Portal Correio