Cajazeiras perde R$ 7 milhões do Governo Federal e revitalização do Açude Grande continua só no sonho

Cajazeiras perde R$ 7 milhões do Governo Federal e revitalização do Açude Grande continua só no sonho

O Ministério das Cidades emitiu parecer esta semana cancelando o convênio de R$ 7 milhões para revitalização do Açude Epitácio Pessoa, mais conhecido como “Açude Grande” da cidade de Cajazeiras.

O Ministério justificou contenção de despesas e alegou que o corte de gastos é necessário para equilibrar o orçamento do Governo Federal.

A conquista da revitalização do Açude Grande de Cajazeiras foi anunciada pelo ex-ministro, o paraibano Agnaldo Ribeiro no ano passado.

A emenda inicial era de R$ 30 milhões de autoria do então senador Vital do Rêgo (PMDB), que foi incluída no Plano Pluri Anual (PPA). A emenda de Vital aprovada trata da revitalização e despoluição do Açude Grande reurbanização das áreas do entorno. 

“A combinação de aspectos ambientais desfavoráveis propicia a proliferação de vetores, submetendo a população a doenças infectocontagiosas. Além disso, a desproteção das margens provoca erosões e permite o avanço das águas em direção às baixadas, desabrigando os moradores e colocando em risco o patrimônio público e privado”. Assegurou Vital.

 

 

 

 

Diário do Sertão