Cagepa pede apoio do Ministério Público para garantir abastecimento de água no interior

Cagepa pede apoio do Ministério Público para garantir abastecimento de água no interior

Preocupada com a greve de parte dos seus servidores que já dura dez dias e para continuar garantindo o abastecimento de água para a população de vários municípios do interior paraibano, incluindo Campina Grande (a segunda maior cidade do estado), a direção da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) está solicitando apoio à Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

 

A solicitação ocorreu no final da tarde desta quarta-feira (25) durante uma visita institucional do presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, ao procurador-geral de Justiça do MPPB, Bertrand de Araújo Asfora. O presidente da Cagepa esteve na sede da Procuradoria Geral de Justiça, em João Pessoa, acompanhado do diretor administrativo e financeiro da Companhia, Jorge Gurgel, e do assessor jurídico, Fábio Andrade. A reunião ainda contou com a participação do promotor de Justiça Amadeus Lopes Ferreira.

 

“O direito à greve tem que ser respeitado e garantido aos servidores, mas temos que garantir também que a população de Campina Grande e de algumas outras cidades do interior da Paraíba não seja prejudicada e fique sem o abastecimento de água, um serviço essencial às pessoas”, ressaltou o procurador-geral, adiantando que, assim que receber o expediente da Cagepa com o pedido, o encaminhará à Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Campina Grande.

Assessoria do MPPB