Cabo da Polícia Militar é preso suspeito de cometer estupros

Cabo da Polícia Militar é preso suspeito de cometer estupros

Um cabo da Polícia Militar foi preso, na tarde desta quarta-feira (16), suspeito de cometer quatro estupros contra mulheres, sendo três delas menores de idade, além de roubo de celulares das vítimas em João Pessoa. Os crimes, segundo a polícia, ocorreram entre dezembro e janeiro e existe a possibilidade de outras vítimas surgirem nos próximos dias.

De acordo com a delegada Joana D’Arc, as vítimas reconheceram o suspeito através da voz, já que durante o crime ele utilizava capuz na cabeça. Antes de estuprar as mulheres, o policial roubava o celular das vítimas.

“As vítimas passaram mal quando o viram. Elas conseguiram reconhecer ele pela voz e não temos dúvida de que ele é o autor dos crimes”, contou a delegada.

Ainda segundo a delegada, o policial já respondeu e foi condenado por crime de estupro contra crianças.

Segundo o coronel Lívio Delgado, o policial agia sozinho e utilizava roupas com características de disfarce para não ser reconhecido.

"Ele estuprou três menores e uma mulher maior de idade, mas outras vítimas podem surgir nos próximos dias. Além de cometer o estupro, ele roubava o celular das vítimas e depois vendia os aparelhos para tentar se livrar de um possível flagrante", contou o coronel.

Após ser preso, o cabo da PM foi conduzido ao 1º Batalhão da Polícia Militar, onde vai passar a noite. Na quinta-feira (17), o policial vai ser apresentado para a realização de uma audiência de custódia.

 

 



Fonte Portal correio