Câmeras podem ajudar a identificar homem que deixou corpo em ruas de SP

Câmeras podem ajudar a identificar homem que deixou corpo em ruas de SP

Agentes do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), trabalham para identificar o corpo abandonado ao redor do cemitério de Higienópolis, na região central de São Paulo. Imagens registradas por câmeras de segurança podem ajudar a revelar a identidade do suspeito que deixou pedaços de corpo nas ruas da área nobre. A cabeça da vítima ainda não foi encontrada.


Na manhã de domingo (24/3), partes de um cadáver, possivelmente de um homem, foram encontradas em três ruas distintas do bairro. O primeiro saco plástico foi localizado por um morador de rua na esquina da rua Sabará. No pacote havia dois braços e duas pernas. As pontas dos dedos foram retiradas das mãos, possivelmente para dificultar a identificação da vítima. Ao verificar a ocorrência, o delegado da 78ª Delegacia de Polícia foi ao local. Ao retornar para unidade policial, o titular foi informado que policiais militares encontraram mais dois sacos plásticos pretos, um na rua José Eusébio e o terceiro na rua da Consolação.

O tronco sem pele estava envolto em um vestido vermelho. Também dentro da sacola foram apreendidos um par de sapatos, aparentemente masculino. O saco com restos mortais estava dentro de um carrinho de compras, ao lado de uma árvore.

No terceiro pacote, os policiais militares identificaram a parte superior de duas pernas, três toalhas, um maço de estopas, dois pedaços de tecido, um lençol com desenho de flores e uma camisa. Alguns pelos e cabelos, que também estavam dentro do saco, foram encaminhados para um instituto de criminalística. O crime foi registrado como homicídio qualificado, destruição e subtração ou ocultação de cadáver.