Briga entre políticos em Nova Olinda termina na delegacia

Briga entre políticos em Nova Olinda termina na delegacia

Briga começou na Câmara, seguiu em praça pública e acabou na delegacia.
Caso aconteceu em Nova Olinda e comerciante diz ter sido ferido. 

Uma briga entre políticos da cidade de Nova Olinda, que fica no Sertão da Paraíba, a 426 quilômetros de João Pessoa, terminou com um comerciante ferido por um golpe de arma branca no sábado (13). O tumulto que começou em uma sessão na Câmara Municipal, continuou em praça pública e foi parar na delegacia de Polícia Civil. A briga envolveu, além de vereadores, familiares da prefeita do município. O comerciante ferido diz que foi agredido com um punhal pelo sobrinho da prefeita.

A confusão teria começado quando a prefeita da cidade, Maria do Carmo Silva, que estava presente na sessão do sábado, pediu para fazer um pronunciamento. Segundo a prefeita, a intenção dela era esclarecer especulações em torno da candidatura dela nas eleições municipais deste ano. A fala da prefeita não agradou a um vereador, que reagiu.

"Eu acho que o vereador se irritou porque antes de eu chegar lá ele havia dito que eu não tinha candidato a vice e que eu tinha convidado outro vereador para ser meu vice, traindo o meu partido. A revolta dele foi com o presidente da Câmara, que não quis conceder a palavra a ele", disse Maria do Carmo. 


Durante o pronunciamento da prefeita, o vereador José Raimundo Neto pediu a palavra mas teve a solicitação negada pelo presidente da Câmara, Walter Gonzaga. Na confusão, José Raimundo Neto teria quebrado um microfone. O vereador diz que não houve nenhuma agressão ao presidente da casa e que deu um tapa no microfone quando teve o áudio dele cortado, mas que desconhecia ter causado danos no equipamento.

"Eu neguei em face do pronunciamento da prefeita não ter mencionado o nome do vereador José Raimundo. Ele chegou ao ponto de bater, dar um murro na mesa e vir ao meu encontro, foi quando a segurança chegou", disse o presidente da Câmara, Walter Gonzaga.

Depois da sessão tumultuada, a confusão continuou em uma praça da cidade, quando familiares da prefeita e o vereador José Raimundo Neto se desentenderam. Um comerciante que estava na praça bebendo com o vereador acabou sendo ferido com um golpe de punhal na região do peito. Segundo o comerciante, um sobrinho da prefeita estava com o punhal e teria desferido o golpe que o atingiu. O vereador José Raimundo Neto disse ainda que foi agredido com um chute nas costas dado pelo sobrinho da prefeita.

"De repente ele vem e me dá um chute por trás, chegando a derrubar até a mesa em que estavam lá os colegas sentados. Daí quando eu me levanto ele estava com um punhal na mão e eu peguei uma cadeira para me defender", disse o vereador

Em entrevista à TV Paraíba, o comerciante ferido disse que tentou conter os ânimos, mas segundo ele, o sobrinho da prefeita o atingiu com o punhal. A prefeita defendeu o sobrinho e disse que o rapaz, que ainda não se apresentou à polícia, não teve intenção dolosa de atingir o comerciante, que a intenção dele era tomar satisfações apenas com o vereador.

O caso foi registrado na Delegacia da cidade de Piancó, que fica a 38 quilômetros de Nova Olinda. O delagado da cidade, Renato Leite, informou que está investigando o caso e ainda vai ouvir os principais envolvidos na história.








CLICK AQUI E VEJA O VIDEO 

Fonte Do G1 PB, com Rafaela Gomes