Brasil terá recorde de prefeitos tentando se reeleger, mesmo com reprovação

Brasil terá recorde de prefeitos tentando se reeleger, mesmo com reprovação
Apesar da situação política adversa, oBrasil vai ter número recorde de prefeitos tentando se reeleger em 2016. Nas capitais, 22 dos 26 prefeitos hoje no poder vão tentar um novo mandato. Metade deles viu índices de aprovação cair ao longo dos últimos anos, mas isso não incomoda os partidos – segundo eles, a situação ruim é geral. Portanto, não faz sentido mudar os planos por causa da avaliação ruim de desempenho do candidato. As informações são do jornal O Globo.
 
Prefeitos só não poderão se lançar à reeleição no Rio de Janeiro, em PortoAlegre, em Goiânia e em Belo Horizonte. Nos demais Estados, as negociações estão em andamento. De acordo com O Globo, desde a criação da reeleição, 2008 foi o ano em que mais prefeitos se candidataram – 20. Em 2012, houve queda: somente 8 deles tentaram novo mandato.

 

No geral, no entanto, os prefeitos que foram avaliados nos últimos meses desagradam a população. Seus índices deaprovação são baixos. Como lembra o Globo, há exemplos dessa desaprovação em São Paulo, Florianópolis, Fortaleza, Curitiba, São Luís, Belém, Teresina e Porto Velho. A situação atinge indiscriminadamente políticos de todos os grandes partidos (PT, PSDB, PMDB e PSB). "O problema que existe para nós existe para os outros também. Isso é igual a jogo de futebol. Quando o campo é ruim, ele é ruim para todo mundo. Não existe no PT esse debate de não ir para a reeleição", afirmou o secretário de Organização Nacional petista, Florisvaldo Souza ao jornal.

Entre os prefeitos que não podem tentar reeleição, a situação é ruim também – nenhum dos candidatos apoiados pelos prefeitos atuais é favorito entre os eleitores.

 

 

 

180 Graus