'Brasil não poderia continuar vivendo com uma doença crônica', diz Maranhão sobre impeachment

'Brasil não poderia continuar vivendo com uma doença crônica', diz Maranhão sobre impeachment

O senador José Maranhão (PMDB) foi o 62º a ocupar a tribuna, na madrugada de quarta-feira, quando do término dos debates em plenário.

Maranhão usou o seu discurso para elogiar uma das autoras do processo: a advogada e professora Janaína Paschoal. Para o parlamentar, ela atuou de maneira inteligente e zelosa com o processo.

Sobre o mérito, o senador afirmou que “a crise, muitas vezes, é o início da solução” e acrescentou: “O Brasil não poderia continuar vivendo com uma doença que já estava se tornando crônica”.

Fonte: coluna Aparte

Para ler a coluna inteira, acesse aqui:

http://paraibaonline.net.br/p_aparte/

 

 

Paraíba Online