Bovespa fecha em queda, com tombo da Petrobras após balanço

Bovespa fecha em queda, com tombo da Petrobras após balanço

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em baixa nesta quarta-feira (28), pressionada pela divulgação do balanço não auditado do terceiro trimestre de 2014 da Petrobras. Sem incluir perdas por denúncias de corrupção, como era esperado, o relatório desagradou investidores.

O Ibovespa, principal índice de ações da bolsa paulista, recuou 1,85%, a 47.694 pontos. Veja a cotação.

 

A Petrobras fechou em queda, com perda de 11,21% das ações preferenciais, cotadas a R$ 9,03, e de 10,48% das ordinárias, a R$ 8,63. Mais cedo, os papéis da estatal chegaram a perder quase 12% .SIGA EM TEMPO REAL.

A baixa da Petrobras desta quarta foi a maior desde outubro de 2014, segundo dados da Economatica. A empresa perdeu R$ 13,9 bilhões em valor de mercado no dia.

 Assim como outras empresas que têm ações negociadas na Bolsa, a Petrobras tem papéis ordinários e preferenciais. A diferença é que as ações ordinárias dão ao acionista poder de voto em assembleias, enquanto as preferenciais dão prioridade na distribuição de dividendos, porém sem direito a voto.

"Esse balanço certamente vai impactar de forma negativa nos mercados, porque ele não mensura o que estava faltando [referente às denúncias] e contraria o que a própria Petrobras havia sinalizado anteriormente [de que as perdas seriam incluídas]", disse ao G1 o economista Jason Vieira.