Bovespa fecha a semana em alta, puxada por Petrobras e bancos

Bovespa fecha a semana em alta, puxada por Petrobras e bancos

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fecha a semana operando em alta no pregão desta sexta-feira (10).

Às 13h, o principal índice de ações da bolsa subia 0,31%, aos 53.968 pontos. Veja a cotação

As ações da Petrobras – que na véspera subiram mais de 8% com rumores sobre a divulgação do balanço da empresa – tinham alta de cerca de 1% perto do mesmo horário.

Em dia instável, a Bovespa fechou em alta nesta quinta-feira (9), puxada pela forte alta das ações da Petrobras, em meio a expectativas com o balanço e cobertura de posições. A alta foi contida, porém, pelo anúncio de que a agência Fitch Ratings reduziu a perspectiva da classificação de risco do país para "negativa".

O Ibovespa subiu 0,26%, a 53.802 pontos. É o maior nível desde 28 de novembro do ano passado.

Agentes financeiros monitoram nova fase da operação Lava Jato com investigações que abrangem outros órgãos federais além da Petrobras, bem como a participação do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

No final da quinta-feira, o Credit Suisse reiterou a classificação "underweight" (abaixo da média) para o Brasil em sua estratégia de ações na América Latina, destacando um ambiente desafiador para a rentabilidade das empresas.

 
 
 

G1