Botafogo-PB empata com Ceará e chega às oitavas da Copa do Brasil

Botafogo-PB empata com Ceará e chega às oitavas da Copa do Brasil

O Botafogo-PB tem feito história na Copa do Brasil 2016. Nesta quarta-feira (20), no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, mais um capítulo foi escrito. O Belo soube administrar o esfacelado Ceará por desfalques e confirmou sua classificação para as oitavas de final da competição. O empate sem gols foi o suficiente, já que no jogo de ida, no Almeidão, o time paraibano aplicou 3 a 0.

Sem o lateral esquerdo Jefferson Recife, suspenso, o técnico Itamar Schülle optou pelo lateral direto Ângelo, que fez a função sem comprometer. A distribuição tática foi a mesmo das partidas anteriores.

E a partida se desenhou a caráter do Belo, em um ritmo cadenciado. Sem a dupla de ataque titular, Rafael Costa e Bill, o Ceará não foi efetivo. Ao total foram seis desfalques, o que explica a pouca efetividade da equipe na partida. A não ser a cabeçada à queima-roupa de Robinho, que Michel Alves fez grande defesa, aos 13 minutos do segundo tempo, o goleiro do Belo pouco trabalhou. Alex Amado, aos 28 minutos, e Ricardinho, nos acréscimos, ainda acertam a trave. E só.

A enorme vantagem fez com que o time pessoense não se aventurasse tanto ao ataque, optando por se defender atrás da linha da bola e trocar passes no meio campo. Quando Carlinhos acionou Rodrigo Silva, o camisa 9 desperdiçou a melhor chance do Belo, aos 36 minutos da segunda etapa.

Os confrontos das oitavas de final são decididos em sorteio. Os brasileiros participantes da Taça Libertadores da América – Corinthians, Atlético-MG, Grêmio, São Paulo e Palmeiras -, além do Internacional, quinto colocado no Campeonato Brasileiro do ano passado, entram na disputa.

As oitavas de final da Copa do Brasil rende mais R$ 840 mil aos cofres do Botafogo-PB, que já acumula R$ 2,040 milhões desde a primeira fase.

 

Ficha técnica

Data-Horário: 20/07/2016, às 19h30
Competição: Copa do Brasil – 3ª fase
Árbitro: Italo Medeiros de Azevedo (RN)
Assistentes: Leandro Lincoln Santos Neves (RN) e Ruan Neres Souza de Queiros (RN)
Cartões amarelos: Rafinha (C); Djavan e Danielzinho (B)
Cartão vermelho: nenhum

CEARÁ: Éverson; Robinho, Sandro, Charles (Lucas) e Eduardo (Thomaz Bastos); Baraka, Ricardinho e Felipe; Serginho, Caio César (Alex Amado) e Rafinha. Técnico: Sérgio Soares.

BOTAFOGO-PB: Michel Alves; João Paulo, Plínio, Marcelo Xavier e Ângelo; Djavan, Sapé, Pedro Castro e Marcinho (Assis); Danielzinho (Carlinhos) e Rodrigo Silva. Técnico: Itamar Schülle.

 

 

 

 

Maurílio Júnior – MaisPB