Bolsonaro leva ‘chuva de glitter’ e é hostilizado por ativistas. Veja vídeo

Bolsonaro leva ‘chuva de glitter’ e é hostilizado por ativistas. Veja vídeo

Na tarde desta terça-feira, enquanto concedia entrevista à imprensa na Assembleia Legislativa de Porto Alegre, o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) foi alvo de uma “chuva” de glitter e purpurina promovida por ativistas do movimento Levante Popular da Juventude.

Postagem do ataque de glitter

Postagem do ataque de glitter

O parlamentar, conhecido por suas opiniões polêmicas sobre direitos da comunidade LGBT, foi chamado de “racista”, “fascista” e “homofóbico” pelos jovens. Confira.

 O deputado do Rio está em Porto Alegre a convite do general do Exército Edson Leal Pujol, que às 19h desta terça-feira assume o Comando Militar do Sul.

Beijaço Gay

A passagem de Bolsonaro pela Assembleia Legislativa gaúcha ainda contou com uma confusão generalizada em decorrência de um “beijaço gay” organizado, pelas redes sociais, por ativistas contrários à presença do deputado do Rio.

Um empurra-empurra terminou com três pessoas feridas após a tentativa dos jovens de entrarem no auditório Dante Barone. A princípio, a ideia do movimento era entregar flores ao parlamentar. No entanto, o ato simbólico se resumiu ao beijaço, que reuniu cerca de 150 pessoas, segundo informações da organização.

Apesar da confusão, a polícia não chegou a ser convocada para acalmar os ânimos. Veja, abaixo, o vídeo:

 

 

Extra