Blatter cobrará 13 milhões de euros para pedir demissão da Fifa

Blatter cobrará 13 milhões de euros para pedir demissão da Fifa

A renúncia do suíço Joseph Blatter da presidência da Fifa ganhou mais um curioso capítulo. Segundo apurou o jornal inglês The Sun, o pedido de demissão de Blatter prevê ao principal executivo da entidade que comanda o futebol mundial uma bagatela de 13 milhões de euros.

Mesmo com todos os escândalos envolvendo a Fifa, o suíço vai receber uma rescisão que mais parece um bilhete de loteria, o que talvez ajude a explicar a abdicação de Blatter de um cargo que ocupou por anos a fio e para o qual havia sido reeleito na semana passada para um mandato até 2019.

Blatter decidiu sair do comando da Fifa apenas quatro dias após a reeleição. Ele alegou não estar sentindo apoio do mundo do futebol e disse que iria continuar exercendo o cargo apenas até que um novo presidente seja escolhido para o substituir.

"Refleti sobre minha presidência, meus últimos anos. Esses anos foram dedicados à Fifa e a esse belo lugar do futebol. Eu adoro e amo a Fifa mais do que qualquer coisa. E só quero fazer o melhor pela Fifa e pelo futebol", disse Blatter em comunicado.

 

 

 

 

Uol