Benjamin revela que partidos tem ‘receio de entrar na chapa do PMDB’ e chama de ‘grupo da morte’

Benjamin revela que partidos tem ‘receio de entrar na chapa do PMDB’ e chama de ‘grupo da morte’

O presidente estadual do Solidariedade, deputado Benjamin Maranhão (SDD) não descartou a possibilidade de manter conversas com o antigo partido, o PMDB, mas destacou que quem tem pré-candidato ao governo é que precisa ir atrás.

Benjamin comentou o fato de o PMDB ainda estar sozinho com a pré-candidatura do ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego, mas destacou que ‘o que está acontecendo’ não é só em relação ao Solidariedade. Para o parlamentar, outros partidos tem receio de entrar na chapa do PMDB, pois essa aliança pode ser o que ele nomeou de ‘grupo da morte’.

“Tem a possibilidade concreta de muita gente ficar de fora, porque a chapa proporcional se faz com muitos candidatos a deputado”, diz.

Para o deputado, ‘quem tem que procurar’ as alianças são os partidos que tem candidato ao governo. “Você não vê quem não tem candidato estar se oferecendo. É preciso que procure, dialogue... se o PMDB está satisfeito com o PR e não procuraram mais ninguém, não sou eu quem vou atrás”, diz. 


Marília Domingues