Benjamin diz que saída de Dilma Rousseff ajuda país a crescer

Benjamin diz que saída de Dilma Rousseff ajuda país a crescer

O deputado federal Benjamin Maranhão (SD) afirmou que o Senado tomou a decisão correta em afastar a presidente Dilma Rousseff (PT) por 180 dias. O parlamentar destacou que era necessária uma definição dos senadores para que o Brasil voltasse a crescer. “O País não podia mais ficar como estava, com um governo atônito. A população necessita de uma continuidade de governo para buscarmos o desenvolvimento econômico e social, além disso, havia a tentativa constante de obstruir a Justiça”, disse.

Benjamin lembrou que Dilma cometeu crime de responsabilidade, atentou contra Constituição e contra a Lei Orçamentária, abriu crédito sem autorização do Congresso, fez empréstimos em bancos públicos e é acusada de desviar o dinheiro da refinaria da Petrobras em Pasadena (EUA). “Ela está respondendo pelos seus atos”, destacou.

De acordo com o deputado, não existe condições da presidente continuar no cargo diante da crise sem precedentes que o País enfrenta. Ele disse que hoje já são 11 milhões de desempregados diante de um plano econômico desastroso. “Essa decisão do Senado apenas reforça o desejo de mudança da população que não aguenta mais ser penalizada”, disse.

O parlamentar, que é vice-líder do SD na Câmara, destacou ainda que a decisão reduz a tentativa de obstruir a justiça por parte do PT para barrar as investigações sobre o ex-presidente Lula, que partem de denúncias sérias como as que foram feitas pelo ex-líder do Governo no Senado Delcídio Amaral.

 

 

 

 

MaisPB