Benjamim pede reforço da PF e Força Nacional na Paraíba

Benjamim pede reforço da PF e Força Nacional na Paraíba

O deputado federal Benjamin Maranhão (SD) pediu ao ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, providências contra os assaltos e roubos a bancos na Paraíba. Ele solicitou o auxílio da Polícia Federal e da Força Nacional para ajudarem a combater esse tipo de crime. Só este ano, segundo o mapa da violência contra os bancos, foram registradas 41 ocorrências contra bancos no Estado, sendo 21 explosões, três assaltos, 13 arrombamentos.

“As quadrilhas que praticam esse tipo de crime são reconhecidamente interestaduais e se alastram pelo País, o que requer uma medida do Ministério da Justiça e das forças policiais sob sua competência para solucionar esse problema que aflige a população de vários estados do Brasil”, justificou.

Benjamin ressaltou que não há estrutura adequada no Estado para combater esses crimes. “Não temos estrutura adequada, pois faltam policiais, viaturas, armamentos e até combustível para a polícia da Paraíba. Em muitos municípios não temos sequer um policial. Também temos casos de municípios que contam com a polícia, mas os policiais não dispõem de armamento adequado e nem de viaturas”, relatou.

Devido ao grande número de ocorrências, o Sindicato dos Bancários decidiu fazer um acompanhamento desses registros e, desde 2011, vem catalogando esses dados. Daquele ano até hoje, foram registradas 553 ocorrências no Estado e o que assusta é que esse número aumenta ano após ano.

“Esses crimes ocorrem com a presença de grupos fortemente armados e a população fica refém da violência. Quadrilhas armadas entram nas cidades e destroçam agências bancárias, agências de correios, caixas eletrônicos e até empresas de transporte de numerários. Muitos estabelecimentos não querem mais abrigar bancos e algumas cidades estão sem nenhum correspondente bancário”, denunciou.

 

 

 

 

MaisPB