Baseado em eleições passadas, Maranhão defende chapa puro-sangue e diz que PMDB não precisa de aliados para vencer

Baseado em eleições passadas, Maranhão defende chapa puro-sangue e diz que PMDB não precisa de aliados para vencer

O candidato ao Senado do PMDB, José Maranhão, afirmou nesta quinta-feira (17) durante entrevista no programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, que a falta de partidos aliados na coligação “Renovação de Verdade”, encabeçada pelo candidato ao Governo, Vital do Rego Filho (PMDB), não diminui as chances de eleição.

Maranhão citou exemplos do passado para defender que a chapa puro sangue do PMDB pode vencer a disputa. “Ronaldo Cunha Lima começou com 4% com quase nenhum aliado, terminou eleito. Depois, com Mariz e eu como vice, começamos com 11% contra os 64% de Lúcia Braga. Eu achava que precisávamos de aliados para vencer, mas vencemos sem nenhum”, disse.

“O PMDB trabalha em defesa de idéias”, afirmou o candidato ao Senado, defendendo que o partido pode vencer por méritos próprios.

 


Pedro Callado