Bancário tem explosivos amarrados ao corpo e família sequestrada em Campina Grande

Bancário tem explosivos amarrados ao corpo e família sequestrada em Campina Grande
A família de um bancário foi vítima de sequestro na noite desta quarta (10), no bairro do Catolé, em Campina Grande. Segundo informações preliminares, o crime foi cometido por dois homens e a família já vinha sendo monitorada há algum tempo pelos sequestradores.
 
As primeiras informações são de que o bancário estava chegando em casa, por volta das 19h quando foi surpreendido pelos sequestradores que amarraram explosivos ao seu corpo e, renderam a esposa dele e seus dois filhos que estavam dentro de casa. O bancário é tesoureiro do Banco do Nordeste, agência localizada na Assis Chateaubriand.
 
Os bandidos fizeram ameaças constantes e disseram que se o bancário não cooperasse, iriam acionar os explosivos. A família foi levada para um matagal nas proximidades do município de Queimadas e o homem foi levado para pegar o dinheiro do resgate.
 
A esposa do bancário e seus dois filhos passaram à noite em poder dos criminosos e foram libertados em um matagal, na cidade de Queimadas.
 
A mulher e seus dois filhos foram libertados, na manhã desta quinta-feira (11), após o bancário efetuar o pagamento do resgate aos sequestradores. Fala-se na quantia de R$ 40 mil, mas ainda não foi confirmada. Ainda segundo informações extra oficiais, o local que serviu de cativeiro já foi periciado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) e as investigações devem continuar na tentativa de descobrir e prender os acusados.
 
A Polícia Civil confirma o sequestro, mas não deu maiores detalhes para não atrapalhar as investigações.

 

 


Redação