Avianca anuncia voo diário entre São Paulo e João Pessoa a partir de 14 de dezembro

Avianca anuncia voo diário entre São Paulo e João Pessoa a partir de 14 de dezembro

A companhia aérea Avianca confirmou, nesta quinta-feira (24), um novo voo diário para a cidade de João Pessoa, a partir de 14 de dezembro. O voo direto será entre o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, e o Castro Pinto, na região Metropolitana de João Pessoa. A confirmação foi feita pelo vice-presidente de Marketing da companhia aérea, Tarcísio Gaglione, na abertura da 43ª Feira das Américas (Abav 2015) que está sendo realizada no Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo, até sábado (26). Gaglione ressaltou que a decisão da Avianca é resultado das negociações com o Governo do Estado.

“É o resultado de mais de um ano de negociação. É uma decisão que beneficia tanto a Avianca como o turismo paraibano. O consumidor final também é beneficiado porque o custo da passagem leva em consideração a redução de impostos. É um círculo virtuoso, pois não tenho dúvidas de que haverá um aumento no fluxo de turistas para o estado. Não é um voo somente para a alta estação”, garantiu. Gaglione explicou que o anúncio não foi feito antes porque somente há poucos dias a Avianca recebeu oito novas aeronaves A320 que transportam 162 passageiros.

A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, que está participando da Abav, comemorou o anúncio feito pela Avianca. “Estamos conversando com as companhias há cerca de dois anos e ficamos bastante felizes com mais um voo da Avianca para a Paraíba. Todos saem ganhando: o turista que vem nos visitar, pois agora terá um voo direto entre São Paulo e João Pessoa; o trade e a economia do Estado, além da própria companhia aérea”, disse.

Apoio ao ministro do Turismo - Na abertura da Abav 2015, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, falou da importância do setor para a economia do Brasil, lembrando que a presidenta Dilma Rousseff deverá promover uma ampla reforma ministerial. Existe a perspectiva no setor de que o Ministério do Turismo seja incorporado por outra pasta. A presidente da PBTur, Ruth Avelino, disse que os números apresentados por Henrique Alves comprovam que o Turismo  é um importante gerador de emprego e renda. “Acredito que todos que trabalham com Turismo subscrevem o que foi dito pelo ministro. Turismo deveria ser prioridade de governo para sairmos dessa crise econômica que atinge nosso país”, declarou Ruth Avelino.

 

 

 

 

Assessoria