Autorizado início das obras do Viaduto do Geisel

Autorizado início das obras do Viaduto do Geisel
O Governo do Estado autorizou, nesta quinta-feira (29), em solenidade na Avenida Juscelino Kubitschek, no bairro do Geisel, em João Pessoa, o início da construção do Viaduto do Geisel, considerada a maior obra de mobilidade urbana. Mais de 600 mil pessoas serão beneficiadas diretamente com a construção do viaduto, cujo investimento é superior a R$ 31 milhões. Os serviços serão iniciados nesta sexta-feira (30).
 
Durante a solenidade, o governador Ricardo Coutinho afirmou que a BR-230 separou em duas a cidade de João Pessoas: de um lado a mais antiga com o Centro, Jaguaribe, Cruz das Armas e adjacências e do outro os bairros mais populosos como Geisel, Bancários, Mangabeira, que não se encontravam. "Essa intervenção vai solucionar os problemas de circulação na interseção da BR-230, atendendo aos bairros das zonas sul e sudeste da Capital”, ressaltou, adiantando que a obra deverá ser realizada com agilidade e qualidade.
 
O Viaduto do Geisel terá 1,75 km de extensão, com quatro alças e um elevado, com a finalidade de melhorar o acesso viário na BR-230. Os recursos, na ordem de R$ 31.348.747,29, são oriundos do Governo do Estado, no valor de R$ 13,5 milhões,  e do Governo federal, no valor de R$ 17,8 milhões.
 
O superintendente da Suplan, João Azevedo, destacou que a obra também vai permitir que as pessoas tenham acesso facilmente à rua Waldemar Naziazeno, a principal do conjunto Ernesto Geisel, permitindo que o tráfego na BR fique livre do fluxo sem os congestionamentos e sem semáforos. Ele adiantou que a obra começará com a passagem de nível em concreto e a partir desta sexta-feira a área será isolada para o início efetivo da obra. "O projeto em concreto armado, com alças e trevos foi aprovado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura Transporte (DNIT), em Brasília", completou.
 
O presidente do Centro Comunitário do Geisel, Ariston Fernandes, lembrou que a obra é uma luta antiga dos moradores e o seu início representa a esperança para o fim de um sofrimento diário para se entrar no bairro. "Essas regiões Sul e Sudeste sofrem diariamente com os congestionamentos nos horários de pico”, reforçou.
 
O pedreiro Moisés da Silva contou que todos os dias, tanto para ir ao trabalho como para retornar, às 18h, enfrenta grandes congestionamentos para entrar no Geisel. "O trânsito aqui é muito ruim e esperamos muito a construção de um viaduto que resolva essa situação que só atrapalha nosso dia a dia", completou.   
 
Parlamento PB