Atriz Betty Lago morre no Rio de Janeiro vítima de câncer

Atriz Betty Lago morre no Rio de Janeiro vítima de câncer

Morreu na manhã deste domingo (13) em sua casa no Rio de Janeiro a atriz e ex-modelo Betty Lago, aos 60 anos. Vítima de um câncer na vesícula, ela lutava contra a doença há três anos. “E o dia amnheceu assim, triste e lindo ao mesmo tempo”, postou Patty Lago, a filha da atriz e ex-modelo no Instagram.

Também na rede social, a ex-modelo Andrea Dellal postou: “Muito triste, minha amiga Betty Lago se foi…descanse em paz”. Em papo com a coluna, Dellal, que trabalhou com Betty no exterior por muitos anos, se lamentou: “Era uma mulher guerreira, maior que a vida, nunca deixou que a doença se abatesse sobre ela. Lutou até o fim. Perdi uma grande amiga. Quando Betty se mudou para a Europa para seguir com a carreira de modelo, ela morou na minha casa comigo e com a minha irmã. Nós nos ajudamos muito, vivemos momentos maravilhosos. Vou sentir muito a sua falta”. O estilista Alexandre Herchcovitch também se manifestou. “Ela era única. Nós te amamos”, escreveu ele em seu instagram.

Betty descobriu a doença em março de 2012, após ser internada em estado de urgência, sentindo fortes dores abdominais, na clínica São Vicente, no Rio. Depois de uma cirurgia na vesícula, logo iniciou o tratamento quimioterápico para o combatee o câncer na vesícula e depois no fígado. Ela estava em seu apartamento, no bairro do Leblon, no Rio de Jnaeiro. O enterro será na tarde deste domingo, no Rio. “É um momento muito triste, estávamos confiantes de que ela sairia dessa”, disse à coluna Guilherme Linhares, que foi casado com a atriz. Há cinco meses ela namorava o ator Clovys Torres.

Betty, que estreou como atriz há mais de duas décadas após uma bem-sucedida carreira como modelo no exterior por 15 anos, nunca escondeu de ninguém que enfrentava a doença. Quase sem cabelo por conta do tratamento do câncer, ela continuou com a sua rotina. Confiante e otimista, foi fotografada várias vezes passeando sorridente na companhia de amigos com a cabeça raspada.

No início da década de 1970 Betty descoberta pelo fotógrafo Evandro Teixeira e, sete anos depois, foi tentar a sorte no exterior, passando 15 anos se dividindo entre as principais passarelas da França, Itália e Estados Unidos, desfilando para estilistas como Pierre Cardin e Azzedine Alaïa, Valentino, Thierry Mugler, de quem foi musa.

Modelo de carreira internacional, surgiu pela primeira vez na televisão na pele da sofisticada Natália, na minissérie Anos Rebeldes (1992), de Gilberto Braga – ela já ahavia feito cursos de interpretação entre 1988 e 1991, já na reta final de sua carreira de modelo. Dois anos depois já era uma das protagonistas da novela Quatro por Quatro, atmbém na TV Globo. A parceria bem sucedida com o autor Carlos Lombardi se desenvolveu por diversas outras obras do novelista, como Vira-Lata, Uga Uga, O Quinto dos Infernos, Kubanacan, Pé na Jaca e Guerra e Paz.

Estreou como apresentadora de televisão com o programa GNT Fashion, que também dirigiu durante cinco anos, na GNT. A partir de 2005 passou a ser debatedora do Saia Justa, no mesmo canal. Atualmente apresentava o programa Desafio da Beleza, também no GNT, ao lado da Modelo Mariana Weickert.

 

 

 

Época