Atrás do espólio de Marina, Aécio visita Renata

Atrás do espólio de Marina, Aécio visita Renata

Enquanto Marina Silva cultiva sua dúvida, autora de insônias cruéis, Aécio Neves tenta consolidar a posse de nacos do espólio da terceira colocada do primeiro turno da disputa presidencial. Após obter o apoio de PSB e PPS, os dois principais partidos da coligação de Marina, Aécio fará neste sábado uma incursão por Pernambuco, Estado de Eduardo Campos e de Lula.

7.out.2014 - O candidato à Presidência do PSDB, Aécio Neves, foi levantado por eleitores em comemoração por estar no segundo turno das eleições 2014, durante encontro com trabalhadores da construção civil, nesta terça-feira (7), em São Paulo. Aécio reafirmou ser pessoalmente contra a reeleição, mas evitou responder se abriria mão de um segundo mandato no caso de vitória contra a presidente Dilma Rousseff (PT) Leia mais Marcos Alves/ Agência O GLobo

Empurrada pela comoção que se seguiu à morte de Campos, Marina prevaleceu sobre Dilma Rousseff entre os pernambucanos por 48,05% a 44,22%. Aécio se equipa para herdar um pedaço dessa votação de Marina. Afora uma visita à periferia de Recife, são dois os principais compromissos do candidato tucano em Pernambuco.

Num, Aécio visitará a residência da família Campos. Receberá o apoio da viúva, Renata. Noutro, acompanhado do governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e do primogênito de Eduardo Campos, João, o candidato tucano fará uma caminhada e um comício na cidade de Sirinhaém. Ali, Marina obteve no primeiro turno seu maior percentual de votos em todo o país: 74,19%.



 

Uol